agencia do banco do brasil em imperatriz
agencia do banco do brasil em imperatriz
agencia do banco do brasil em imperatriz

Os levantamentos ainda estão sendo feitos por uma equipe de São Luís, mas o “sapatinho” no Banco do Brasil em Imperatriz, agência da Bernardo Sayão, Nova Imperatriz, pode ter rendido aos assaltantes cerca de R$ 500 mil.

O gerente da agência foi na tarde dessa quarta-feira (28) registrar um boletim de ocorrência na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).

De acordo com os primeiros levantamentos feitos por agentes da DRF, o “sapatinho” foi praticado por três assaltantes. Eles chegaram na casa do tesoureiro na noite de segunda-feira (26), entraram e todos que chegaram foram colocados em um quarto. Dois elementos ficaram no interior da residência e o terceiro fora.

Por volta de 4 horas da madrugada de terça-feira (27), a mulher e os três filhos do tesoureiro foram levados no carro do casal, um HB-20 da Hyundai, para um local na estrada do Bom Jesus. Um dos bandidos ficou com a família, enquanto os outros dois ficaram com o tesoureiro. Na manhã de terça-feira, foram para a agência com o tesoureiro, que pegou o dinheiro e colocou em um saco plástico e saiu sem falar nada com ninguém. Na agência, o gerente chegou a perceber que o tesoureiro estava nervoso e perguntou por ele. Um dos funcionários disse que ele tinha saído com um saco de lixo e não retornado mais.

Foi mantido, inclusive, contato com a esposa do tesoureiro que estava com um dos bandidos, a qual disse estar tudo bem. Depois de receberem o dinheiro, os bandidos liberaram a família do tesoureiro. O veículo do casal foi encontrado na Beira-Rio.

As investigações apontam que os elementos podem ser de Imperatriz, já que eles conheciam a cidade. Ou que pelo menos pode ter um da cidade. Mas até o momento não foram encontrados.

O progreso

 

Comentários do Facebook