Mauro Carlesse e Wanderlei Barbosa, ambos do (PHS), foram empossados na manhã desta segunda-feira, 9, durante sessão na Assembleia Legislativa, como governador e vice-governador do Tocantins. O mandato-tampão vai até 31 de dezembro de 2018. Para assumir os cargos, os dois deputados tiveram que renunciar aos cargos no legislativo.

Durante discurso de posse, o governador disse que tem sido um período de aprendizado e destacou a mudança da vida empresarial para a política. O mandato de deputado foi o primeiro cargo eletivo de Carlesse.

Quando eu cheguei na Assembleia, nunca tinha tido nenhum cargo e nunca tinha sido nem síndico de prédio. Fico feliz pelo tempo que passei e por estar hoje no executivo. Precisamos do legislativo e dos demais poderes para conduzir esse estado e fazer com que seja um estado que o povo possa se sentir protegido e importante“, disse durante o discurso.

Antes da posse, Mauro Carlesse e Wanderlei Barbosa foram diplomados pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Marco Villas Boas. A chapa foi eleita no segundo turno da Eleição Suplementar com 75,14%.

A eleição foi convocada após a cassação do ex-governador Marcelo Miranda (MDB) e da vice dele, Cláudia Lelis (PV). Os dois foram considerados culpados por captação ilegal de recursos para a campanha eleitoral de 2014 pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Carlesse e Wanderlei Barbosa fica no cargo até 31 de dezembro de 2018 e pode concorrer à reeleição em outubro. (Com: G1)

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.