Preso, Nenzin Júnior, acusado de matar o próprio pai/ Foto: Divulgação
Preso, Nenzin Júnior, acusado de matar o próprio pai/ Foto: Divulgação

A polícia prendeu, no início da manhã desta sexta-feira,8, Manoel Mariano de Sousa Júnior, o Júnior Nenzim. Ele é suspeito de matar o próprio pai, ex-prefeito de Barra do Corda (MA), Manoel Mariano, o Nenzim, político e fazendeiro conhecido na região.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Havia um mandado de prisão expedido contra ele. Dois suspeitos de participar do crime foram presos na noite de ontem. Junior Nenzim, que também é conhecido como Vaqueiro da Barra e já foi candidato a prefeito da cidade, estava foragido.

Nenzin foi morto na manhã da última quarta-feira, 6, quando se deslocava para sua fazenda. Na primeira versão que veio à tona, contada pelo filho, ele teria sido abordado por dois homens em uma moto, que atiraram e mataram o ex-prefeito. Mariano Júnior, que estava com o pai, nada sofreu.

A polícia, no entanto, desconfia que o próprio filho tenha atirado no pai, com a cobertura de dois vaqueiros da fazenda. A polícia acredita que o filho de Nenzim estaria roubando gados do pai e o matou, pois ele estava prestes a descobrir. (Sergio Matias)

Comentários do Facebook