Foto ilustrativa: Divulgação

O 2° BPM, divulgou na manhã desta quinta-feira, 08, o balanço criminal da cidade de Araguaína referente aos primeiros nove meses do ano de 2020, em comparação com o ano de 2019, tendo como resultado a redução de 4,3% no crime de furto; 14,7% de ocorrências de roubo e a diminuição de 33,3% no número de homicídios.

De acordo com os dados compilados nesse período, esse balanço criminal é extremamente positivo, tendo em vista que houve uma redução dos crimes contra o patrimônio: roubo e furto: 14,7% e 4,3%, respectivamente, tendo como redução bastante acentuada no crime de homicídio, 33,3%.

Esses números são satisfatórios, haja vista o grande envolvimento da Polícia Militar no combate à criminalidade por meio de diversas ações ostensivas e preventivas, resultando em 836 (oitocentas e trinta e seis) prisões efetuadas.

Ressalta-se que no mesmo período, a unidade do 2º BPM conseguiu retirar de circulação 74 (setenta e quatro) armas de fogo que, se caso não fossem apreendidas, poderiam ser utilizadas na prática de ações ilícitas, colocando em risco a população araguainense.

Outro dado relevante e que demonstra a preocupação da Polícia Militar com a causa da manutenção da ordem pública é o grande número de recuperação de veículo automotor: 272 (duzentos e setenta e dois), no município, refletindo o envolvimento da sociedade no grande número de  denúncias e informações fidedignas repassadas à PM, tendo consciência que a Polícia Militar está sempre trabalhando para protegê-la.

Os números de veículos recuperados e de pessoas presas demonstram também o foco do policial militar durante o patrulhamento, que por meio de seu tirocínio, diligência e comprometimento tem retirado os infratores das ruas.

O Comandante do 2º BPM ressalta que: “Apesar de todas as dificuldades enfrentadas no ano de 2020, um ano singular devido a Covid-19, que para o exercício da função de Polícia Militar é um desafio, pois essa relação de polícia com cidadão e infrator, não está isenta de todos perigos envolvendo o coronavírus. A Polícia Militar diferente de vários seguimentos que estão se preservando, age no enfrentamento ao crime, se expondo diuturnamente sempre viando o bem estar da população, por isso que a PM, na cidade de Araguaína que, historicamente, aparece como uma das cidades mais violentas do Estado do Tocantins, tirou de circulação mais de 800 infratores, recuperou 272 veículos e conseguiu reduzir um dos índices que mais cresce no país, 33,3% que é o crime de homicídio. Resultado esse, fruto do suor, do envolvimento e do comprometimento social do policial militar”.

Esses percentuais estatísticos e os números expressivos, representam o compromisso das equipes de policiais do 2° BPM e a busca constante pela excelência nos serviços prestados à sociedade

Comentários do Facebook