O comandante geral da Polícia Militar do Tocantins, coronel Jaizon Veras Barbosa, e sua comitiva, participaram de uma audiência pública para discutir sobre segurança pública no território indígena da Ilha do Bananal.O encontro aconteceu na manhã dessa quarta-feira, 02, na câmara municipal da cidade de São Félix do Araguaia, no Mato Grosso.

Participaram da audiência representantes da PMTO, PMMT, PCTO, PCMT, Ministério Público Federal, Ministério Público do Estado do Mato Grosso, Funai, líderes indígenas das aldeias Carajá e Javaé e comunidade local.

As reclamações apresentadas foram referentes a dificuldade de atuação dos órgãos ligados à segurança pública no interior da Ilha do Bananal, onde estão localizadas as terras indígenas. Nesses locais podem ser encontradas situações ilícitas, como produtos objetos de crimes contra o patrimônio, armas de fogo, drogas, veículos de procedência duvidosa (Finam) e pessoas foragidas da justiça.

Nos encaminhamentos finais, foi proposto um Termo de Cooperação entre as instituições policiais de ambos os Estados para atuação na região da Ilha, bem como um Termo de Cooperação entre os poderes judiciários do Tocantins e Mato Grosso para que haja maior efetividade e celeridades das questões que demandarem atuação daqueles órgãos. Além disso, foi sugerida a criação de um Conselho de Segurança – CONSEG e capacitação da comunidade local e líderes indígenas para atuação no referido conselho.

“A integração entre os órgãos ligados à segurança pública em ambos os Estados permitirá uma maior eficácia na fiscalização de crimes penais e ambientais na região da Ilha do Bananal”, destacou o coronel Jaizon.

Presenças:

Além do comandante geral da PMTO, participaram do encontro, o tenente-coronel Antônio Carlos Folha Leite, Chefe da PM3, tenente-coronel Jaime Porfírio de Souza (representantes PMTO);

Representante da Polícia Militar do Mato Grosso: capitão PM Marcelo de Oliveira Conde (comandante da 2º Companhia de Polícia Militar – São Félix-MT);

Representante da Procuradoria da República no Tocantins (MPF) – Dr. Álvaro Manzano;

Representante da Promotoria de Justiça de São Félix do Araguaia (MPE) – Dra. Kelly Cristina;

Representante da Polícia Civil do Mato Grosso (PCMT) – Delegada Ana Caroline (São Félix);

Representante da Polícia Civil do Tocantins (PCTO) – Delegado Ismael (Lagoa da Confusão);

Representante da Funai – Sr. Luzimar – Procurador Público junto à Funai.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.