Sete presos libertados. em destaque, seis deles, incluindo Paulo Hugo Martins (o terceiro da segunda fileira)
Sete presos libertados. em destaque, seis deles, incluindo Paulo Hugo Martins (o terceiro da segunda fileira)
Sete presos libertados. em destaque, seis deles, incluindo Paulo Hugo Martins (o terceiro da segunda fileira)

Sete presos foram resgatados por bandidos da cadeia pública da cidade de Colméia na noite deste sábado, 19. Durante a ação, que ocorreu por volta das 23 horas, um agente penitenciário que estava de plantão foi atingido por três disparos de arma de fogo, um no pescoço, outro no braço e o último nas costas. Ele está internado em estado grave em Araguaína.

De acordo com a Polícia Militar (PM) de Guaraí, quatro homens fortemente armados teriam participado do resgate, que tinha como principal objetivo libertar o preso Paulo Hugo Martins, de 23 anos, preso em agosto. O grupo estava dividido em dois carros, um Ford Focus, de cor preta, e uma caminhonete de cor prata.

Após renderem os agentes, atirando contra um e trancando os outros dois em uma cela, eles resgataram, além de Paulo, Jairo de Araújo Saraiva, Daniel Alessandro da Silva, Marcos Sousa da Silva, Edivan R. da S. Silva, Vicente Alves de Matos Neto e Elimar Borges Martins. Alguns deles, segundo relatos, já teriam sido condenados, mas aguardava transferência para presídios.

A ação criminosa teria sido liderada por um criminoso conhecido pelo apelido de “Pipoca”. Uma pistola e o veículo de um dos agentes foram levados. A polícia realiza buscas na região a procura do grupo, mas até o momento ninguém foi detido e nenhum preso foi recapturado.

Ziltair Lopes da Silva, de 44 anos foi encaminhado para o Hospital Regional Público de Araguaína (HRPA), onde está internado. O estado de saúde dele é estável.

No momento do resgate, a cadeia pública de Colmeia tinha 41 presos, quatro vezes mais que a sua capacidade.

A Secretaria de Defesa Social informou, através de nota, que a segurança na unidade foi reforçada.

Confira:

“A Secretaria de Defesa Social confirma a fuga de sete detentos da Cadeia Pública de Colméia na noite de sábado, 19. Os presos foram retirados do local após bandidos fortemente armados trocarem tiros com os agentes de plantão. Um dos agentes foi baleado na ação, encaminhado ao Hospital de Referência de Araguaína, onde foi atendido e não corre risco de morte. A Polícia do Tocantins atua, neste momento, incansavelmente em busca dos foragidos. Um trabalho em conjunto foi formado com a Polícia do Estado do Pará, já que há suspeita de que o bando possa ter adentrado aquele Estado durante a fuga. A segurança foi reforçada na Unidade de Colméia.”

Comentários do Facebook