Conselheiros do CFO
Conselheiros do CFO

Conselheiros do CFO encontraram-se na quarta-feira, 30 de agosto, com representantes de todas as instituições de ensino e entidades odontológicas do Estado do Tocantins, durante a Reunião Ordinária do Plenário, em Palmas.

Os representantes dos sete cursos de graduação e pós em Odontologia do estado, da Associação Brasileira de Odontologia (ABO-TO), do Sindicato dos Cirurgiões Dentistas do Estado do Tocantins (Sicideto) e da Associação Brasileira de Odontologia Hospitalar (Abraoh) tiveram a oportunidade de fazer perguntas e sugestões aos conselheiros. As instituições são localizadas em Palmas, Porto Nacional, Gurupi e Araguaína.

Foi a primeira vez que o CFO abriu uma reunião do plenário para um debate neste formato. O resultado foi muito positivo, afirma Juliano do Vale, presidente do CFO.

Os participantes discutiram questões relacionadas ao ensino de Odontologia, como currículo, carga horária e ensino a distância, tanto no plano nacional quanto na realidade do Tocantins. Eles debateram também o ensino da Ética nas instituições no estado e a reformulação do atual Código de Ética Odontológica.

A conversa foi muito produtiva. O pessoal das faculdades e das entidades desejava uma aproximação com o CFO, que cedeu um espaço no Plenário, enfatiza o presidente do CRO-TO, Nelson de Castro.

Micheline Cavalcante, professora do Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp), ressaltou a importância da oportunidade de participar de uma reunião do CFO: Nós sempre tivemos vontade de ouvir sobre o funcionamento do CFO e conhecer as pessoas. (Marcelo Cajueiro)

Comentários do Facebook