Cirurgia de catarata em Colinas Tocantins

As cirurgias de catarata, começaram a ser realizadas, nesta terça-feira (21), no Hospital Municipal de Colinas do Tocantins (HMC), norte do Tocantins, e seguem até a quinta-feira (23). No início das cirurgias, o Prefeito Adriano Rabelo, recebeu o chefe de gabinete da senadora Kátia Abreu, Renato de Assunção, seguindo todas as normas de segurança, por causa do coronavírus.

Para os pacientes, que em sua maioria, são idosos, todos os cuidados também estão sendo tomados, como o distanciamento de um metro e meio, distribuição de álcool em gel, e a recomendação de que todos estejam de máscara, ao aguardarem o atendimento.

Ademar Alves de Lima, de 62 anos contou que já fez a cirurgia de um olho e hoje opera o outro. “Estou muito feliz, estou enxergando muito bem”.

“As equipes de saúde do Município, realizaram a triagem dos pacientes e agora estão realizando a cirurgia, serão atendidas aproximadamente 400 pessoas, com 660 procedimentos cirúrgicos. É muito gratificante ver tantas pessoas voltando a enxergar novamente”, disse o prefeito Adriano Rabelo.

Renato de Assunção explicou que, o programa surgiu de uma demanda da sociedade, o Ministério da Saúde (MS), em pesquisa, aponta que mais de 35 milhões da população brasileira sofre com catarata, somente no Tocantins é em torno de 32 mil pessoas. “A Senadora então buscou recursos junto ao MS e procurou as prefeituras que tinham a capacidade de realizar o atendimento, e Colinas do Tocantins é uma delas, com hospital e toda a estrutura necessária”, destacou.

Programa

A senadora Kátia Abreu é a idealizadora do projeto: “Tocantins – Catarata Zero, que está atendendo pessoas de todo o Estado. Nesta etapa, o programa atende pacientes de Colinas do Tocantins e das cidades de Arapoema, Bandeirantes do Tocantins, Bernardo Sayão, Brasilândia, Couto Magalhães, Itacajá, Itapiratins, Itaporã, Juarina, Palmeirante, Pequizeiro, Presidente Kennedy, Pau D’Arco e Tupiratins.

Comentários do Facebook