A Policia Militar do 9º Batalhão da PM, realizou na tarde de domingo, 07, na cidade de Esperantina, norte do Tocantins, a apreensão de 28 gramas de crack; R$ 912,50 reais em espécie; e uma espingarda calibre 36 com um cartucho deflagrado e dois intactos do mesmo calibre. Os policiais militares chegaram até o local, após receberem uma denúncia de que teria ocorrido um homicídio no interior daquela residência, suspeita de funcionar como um ponto de vendas de drogas.

No local a Polícia Militar deparou com o corpo de uma jovem de 19 anos. O acusado de ter disparado contra a vítima, homem de 39 anos, fugiu antes da chegada da PM.

Conforme a esposa do suspeito, mulher de 30 anos, ela disse aos policiais que o crime aconteceu quando a vítima adentrou a residência do casal e falou sobre um disparo de arma de fogo que o autor do crime teria efetuado dia anterior em direção a um menor. Ainda segundo a companheira do autor, seu esposo apontou a espingarda em direção da vítima declarando que não ia atirar em ninguém, e achando que a arma não estava recarregada, terminou disparando contra a vítima que foi atingida com um tiro acima do peito esquerdo e morreu no local.

A espingarda com a cápsula deflagrada usada no crime foi encontrada pelos policiais militares dentro de uma caixa d’água vazia. A droga e o dinheiro estavam enterrados em um cômodo em construção da casa.

Ainda segundo a esposa do acusado, o homem guardava em sua residência mais duas armas, sendo um revólver cal. 38 e uma arma longa de cano curto, mas, não foram localizadas pela PM. Em poder da esposa do autor a PM apreendeu dois cartuchos intactos de calibre 36. A mulher e todo o material apreendido foram apresentados na Delegacia de Polícia para as providências. Perícia e o Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local.

Comentários do Facebook