Foto: SSP/TO

Na manhã desta sexta-feira, 31, a Polícia Civil, através da Delegacia Especializada em Investigações Criminais – DEIC Norte, cumpriu mais dois mandados de busca de e apreensão relacionados a ex-funcionários da extinta Secretaria Geral de Governo (SGG). A ação, ocorrida em Araguaína, dá continuidade à Operação Catarse, que investiga crimes de peculato contra a administração pública estadual.

Conforme o delegado titular da DEIC Norte, José Anchieta de Menezes Filho, as duas pessoas investigadas estavam lotadas em Palmas, mas há suspeita de que não exerciam suas funções, uma vez que não assinavam a lista de freqüência. Durante os interrogatórios, uma delas exerceu seu direito ao silêncio, enquanto a outra confirmou o não exercício de funções no órgão público em Palmas, onde estaria lotada até o final de 2018.

“As investigações continuam, uma vez que há muitos inquéritos instaurados sobre os fatos, bem como pela complexidade da apuração desse tipo de crime”, destacou o delegado Anchieta.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.