Prefeitura de Tocantinópolis

Foi aprovado na Câmara Municipal de Tocantinópolis, cidade do norte do Tocantins, por unanimidade um requerimento de autoria do vereador Joelson Farias, onde cobra o cumprimento do artigo 7, inciso XXIII da constituição federal de 1988, parte em que trata do direito ao adicional de remuneração por insalubridade para os profissionais da saúde municipal do município.

O texto apresenta uma solicitação antiga dos servidores que muito tem feito pelo bom funcionamento dos serviços oferecido a comunidade. Profissionais esses que trabalham muitas vezes desmotivados e desacreditados com a falta de reconhecimento por parte da atual administração de Tocantinópolis, que se agrava pelo fato de todas as cidades vizinhas receberem esse direito, tudo isso a ser comprovado pelos portais da transparência das respectivas cidades.

Nesse momento em que o mundo encontra-se em uma Pandemia de Covid-19, isso é motivo de vergonha para um município que se diz preparado para receber todos os casos referentes à doença.

Os profissionais da saúde ressaltam que precisam da concessão de tal benefício a Atenção Básica, CAPS, UPA e Hospital Municipal, cada um com seu respectivo grau de exposição.

Só teremos uma saúde modelo em Tocantinópolis, quando passarem a valorizar o componente humano que contribui imensamente com a saúde do município. Os vereadores já fizeram sua parte, aprovaram na câmara o projeto, agora só depende do prefeito Paulo Gomes, sancionar, para que ponha fim numa demanda que se arrasta por anos.

Comentários do Facebook