Empresa de call center em Palmas / Foto: Divulgação
Empresa de call center Tel em Palmas / Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal da Saúde (Semus) informa que após vistoria realizada na empresa de call center Tel Telemática pela Vigilância Sanitária de Palmas (Visa), na manhã desta quinta-feira (19), foram diagnosticadas diversas irregularidades quanto às condições sanitárias e de higiene oferecidas aos colaboradores da empresa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em virtude disso, a Visa atestou que os funcionários estão trabalhando em condições insalubres, com grande quantidade de pessoas ocupando um espaço inadequado, sem oferecer insumos de higienização das mãos, das superfícies de objetos manuseados por várias pessoas e do ambiente em geral.

A Tel Telemática foi notificada pela Visa, que recomendou apresentar um plano de contingência e execução, objetivando sanar as irregularidades.

Ao término do prazo estipulado, os responsáveis não apresentaram o documento e em consequência foi feita uma nova visita e a empresa foi interditada até apresentar o plano e se adequar. A interdição do local tem como base legal os Decretos Nº 1.856 e Nº 1.859, de 14 e 18 de março, respectivamente, os quais declaram situação de emergência em saúde pública no município de Palmas e que define padrões de procedimentos que visam prevenir a infecção pela Covid-19 no Município.

Comentários do Facebook