Entre a noite de segunda-feira, 22, e madrugada desta terça-feira, 23, a sepultura e o corpo de uma idosa de 71 anos foram violados no cemitério de Natividade, região sudeste do Tocantins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um preservativo foi encontrado no local e há suspeita de que o corpo tenha sido alvo de necrofilia. A idosa morreu na madrugada de segunda-feira, 22, em Palmas, após ser internada em um hospital particular com problemas cardíacos e contrair uma infecção generalizada. O sepultamento aconteceu durante a tarde, por volta das 17h.

Um filho da idosa contou que recebeu uma ligação da funerária por volta das 8h30 da manhã desta terça-feira, 23. Quando chegou ao cemitério, o homem viu o caixão aberto e o corpo da mãe, coberto, ao lado do túmulo.

O material genético encontrados foi coletado pelos peritos e o caso registrado pelos filhos na delegacia da Polícia Civil de Natividade.

A Polícia Civil investiga o caso e busca pela autoria, bem como a motivação para um crime de vilipêndio a cadáver, e violação de sepultura. Testemunhas já foram ouvidas.

Comentários do Facebook