BRITO MIRANDA

O juiz federal substituto João Paulo Abe, da 4ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal em Palmas, decidiu liberar da prisão domiciliar José Edmar Brito Miranda, pai do ex-governador do Tocantins Marcelo Miranda (MDB). Desde que a Operação 12º Trabalho foi deflagrada pela Polícia Federal, em setembro de 2019, Brito Miranda estava impedido de sair de casa à noite e nos fins de semana.

O juiz também deixa expressa autorização para que Brito Miranda visite os filhos na prisão. Tanto Marcelo Miranda como Brito Miranda Júnior, que seguem presos em Palmas.

Marcelo está numa sala do Estado Maior no Quartal de Comando Geral da Polícia Militar e Brito Júnior em uma cela especial na Casa de Prisão Provisória de Palmas.

O juiz negou o pedido da defesa para que as visitas fossem em uma sala especial. Para falar com o filho, Brito Miranda terá que passar pelo procedimento normal a qualquer visitante na CPP, inclusive as revistas.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.