Mauro Carlesse abriu oficialmente a colheita da safra de grãos 2019/2020 no Tocantins, em evento na fazenda Uruçu, no município de Pedro Afonso

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, abriu oficialmente nesta sexta-feira, 31, a colheita da safra de grãos 2019/2020 no Tocantins. O evento ocorreu na fazenda Uruçu, no município de Pedro Afonso, região nordeste do Tocantins. Paralelo à abertura, foi realizada a 10ª Jornada Tecnológica de Pedro Afonso e região, promovida pela Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa).

A expectativa do Governo do Estado é de um aumento de 4,5% na produção de grãos, ultrapassando a marca de 5 milhões de toneladas e superando a safra anterior, que foi de 4,8 milhões de toneladas.

Ao comentar os números da produção de grãos no Estado, o governador Mauro Carlesse falou que é motivo de orgulho ver o entusiasmo dos produtores. Ele disse que o segmento produtivo do Tocantins já está fazendo a sua parte, que é trabalhar com tecnologia para abrir áreas de produção com preocupação em preservar o meio ambiente. “É um orgulho ver o entusiasmo e o comprometimento dos nossos produtores. O que falta é o governo fazer a sua parte, que é melhorar as estradas, a infraestrutura para que o Estado continue melhorando a cada dia. É isso que queremos fazer para atrair mais investidores, diversificar a produção é gerar empregos e renda para os tocantinenses”, frisou.

O secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, informou que, apesar da estiagem que afetou a cultura da soja, os números da safra 2019/2020 são animadores. Ele revelou que em algumas localidades a produtividade pode chegar a 70 sacas por hectare e a expectativa é de um aumento significativo da produção, apesar das adversidades climáticas. “Nunca tivemos tanto replantio como desta vez, mas não aconteceram perdas totais. Por outro lado, tivemos áreas que não foram afetadas, a exemplo de Pedro Afonso, onde a expectativa é que a produção alcance uma média de 70 sacas por hectare”, revelando ainda que o Governo espera uma média de 5% de aumento da produção diante das expectativas com relação à safrinha, tendo vista os prognósticos de chuvas até meados de abril no Estado.

O presidente da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa), Ricardo Khouri, agradeceu ao governador Mauro Carlesse pelo desprendimento de abrir oficialmente a colheita da safra 2019/2020 na região e disse que os primeiros números apurados dão uma boa expectativa para a safra deste ano. Também aproveitou para elogiar a iniciativa do Governador em propor, por meio de projeto de lei, a redução da alíquota do ICMS sobre o milho. “Parabéns governador pela iniciativa que certamente vai incentivar a produção da cultura no Estado e baratear o custo de produção para outros setores da economia”.

Jornada Tecnológica

Paralelo à abertura da colheita da safra, a Coapa realizou a 10ª edição da Jornada Tecnológica de Pedro Afonso e Região, um dos principais eventos do agronegócio tocantinense. Na fazenda, foi implantado um campo experimental, com área de 15 hectares, e cultivadas 23 variedades de soja para se observar aspectos como adaptação ao clima e tipos de solo, ciclo reprodutivo, resistência a pragas e doenças, e produtividade.

Os participantes conheceram os resultados da pesquisa e as recomendações para a safra 2020/2021. Além disso, 28 empresas e instituições parceiras irão expor novidades tecnológicas, produtos e serviços.

O evento contou ainda com a presença do vice-governador Wanderlei Barbosa; do superintendente federal da Agricultura, Rodrigo Guerra, deputados estaduais, prefeitos e representantes do agronegócio da região.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.