Um veículo Renault Logan, com placas de Colombo/PR, transitava na rodovia BR 470 – SC, sentido Gaspar, no Vale do Itajaí, quando avistou uma blitz.

O condutor realizou manobra de retorno, seguindo sentido BR 101, sendo então acompanhado pela guarnição da Polícia Militar.

Foi dado ordem de parada, mas o condutor do veículo não obedeceu e empreendeu fuga realizando diversas ultrapassagens em faixa contínua e transitando pelo acostamento da rodovia.

Diante da situação, a PM realizou dois disparos de espingarda calibre 12 com munição não letal (Elastomero), contra o veículo afim de contê-lo.

Após os disparos o condutor parou no acostamento da rodovia BR 470 e continuou a fuga a pé, junto com o parceiro. Os dois foram alcançados e algemados.

Após buscas no veículo, foram encontradas 135 peças de metal relacionadas à cemitério dentre elas crucifixos, placas e lápides.

Os envolvidos disseram que compraram a mercadoria de um senhor catador de papelão em um posto de combustíveis na BR 470.

Os dois foram presos em flagrante e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Gaspar para procedimentos. Em consulta ao sistema, foi constatado que o masculino Sírio Marques dos Santos, condutor do Logan, estava com mandado de prisão ativo no Paraná, por crime de homicídio.

Logo após as fotos serem divulgadas nas redes sociais, muitas pessoas reconheceram objetos de entes queridos que haviam “sumido” do cemitério. (Canoinhas Online)

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.