Por volta de 16:30h uma aeronave agrícola modelo Airtractor – 502 pertencente a empresa Risa, que realizava testes desde o período da manhã no aeroporto de Balsas – MA.

Após decolar acabou caindo na pista, e pegando fogo. O piloto Jose Mauro Jaques de Medeiros experiente em vôos morreu carbonizado.

O proprietário e piloto de Avião Eduardo Canedo que estava no aeroporto no momento do acidente disse que a aeronave correu na pista de decolagem por mais ou menos 700 mts e subiu de uma maneira fora do normal, na vertical e que da mesma forma que o avião subiu ele desceu. Que o piloto tentou salvar a aeronave flapiando o avião; o que para Eduardo Canedo descarta a possibilidade do piloto ter apagado durante a decolagem.

Tenente Aquiles comandante do 4° BBM disse que o Corpo de Bombeiros chegou rapidamente, e já encontrou o piloto que tentou sair da aeronave mais morreu em cima de uma das asas carbonizado.

O delegado regional de Balsas, Dr. Diego Schiavini disse: Nós já informamos o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos. (CENIPA) órgão responsável em fazer a investigação de acidentes aéreos, estão se deslocando de Manaus para cá, devem chegar amanhã cedo e começar a investigação. Agora vamos fazer a liberação da pista, tentar tirar a aeronave o mínimo possível pra fora da pista de rodagem, tentando preservar todos os indícios para eles fazerem as análises.

Em 2012 Charles Medeiros, filho de José Mauro Jaques de Medeiros, morreu quando pilotava uma aeronave em uma Fazenda no município de Tasso Fragoso. (Diario de Balsas)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.