Ponto de Encontro dos Advogados Protagonistas ficou completamente lotado
Ponto de Encontro dos Advogados Protagonistas ficou completamente lotado

Na reta final da campanha, a OAB Protagonista, chapa de oposição nas eleições da OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins), reuniu, no sábado dia 21, muitos advogados públicos e professores de Direito em encontro no Ponto de Encontro do Advogado Protagonista.

Com vários professores e advogados públicos na chapa, o encontro serviu para reforçar a importância dessas duas categorias para a OAB. Entre as propostas do grupo, está a autonomia de gestão para ESA (Escola Superior de Advocacia), inclusive com a possibilidade de transformá-la em Fundação para que possa fornecer cursos de mestrados profissionalizantes.

“Hoje nós temos muitos jovens advogados que não tem o apoio necessário da OAB e acabam tendo muitos problemas. A falta desta formação tem que ser resolvida e por isso apoio da academia é muito importante”, destacou o candidato a presidente, Walter Ohogfugi.

Candidata a vice-presidente, Lucélia Sabino destacou que, atualmente, os advogados públicos não se sentem pertencentes a OAB. “Só entram em contato conosco no momento da anuidade”, ressaltou Lucélia ao destacar que, em caso de vitória, o grupo vai buscar a solução de vários problemas.

Entre as dificuldades dos advogados públicos estão a diferença salarial nos poderes e instituições e a falta de diálogo com a Ordem.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.