Vereador Eudo e senadora Kátia Abreu

O vereador Eudo Pereira de Araújo (PT), foi eleito na Coligação da prefeita de Xambioá Sherley Patrícia Matos de Alencar Dias, “a Patrícia Evelin” (PMDB), como é conhecida, mas depois de participar do governo municipal indicando o Secretário Municipal de Agricultura e alguns cargos resolve romper passando a ser oposição.

Segundo o vereador, a prefeita estaria o boicotando em razão das demandas apresentadas, principalmente em relação a precariedade na coleta do lixo da cidade. “A prefeita não aceita minhas ideias, não aceita a minha ajuda e ainda tenho de votar todas as matérias sem ao menos fazer a discussão de acordo com os anseios do povo”, esclareceu o vereador Eudo.

“Eu penso que o mandato de vereador tem de estar alinhado com o povo, se o povo vê a necessidade de fazer algum reparo então temos a obrigação e o dever moral de apoiar”, acrescentou Eudo.

Outro motivo do rompimento também foi a tendência do vereador Eudo em apoiar a pretensa candidatura da senadora Kátia Abreu ao governo do Estado enquanto que a prefeita não teria concordado.

De acordo com o vereador ele foi até o gabinete da prefeita na última terça-feira, 10, para anunciar o rompimento com a administração.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.