No sábado, 19, em Palmeirante, a Polícia Militar apreendeu uma arma de fogo que estava na posse de uma mulher de 22 anos. A vítima denunciou a acusada por ameaça. Os militares apreenderam um revólver calibre 38, marca Taurus, nº 35091, coronha de madeira, com dois cartuchos intactos. A autora foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil de Araguaína, onde foi autuada em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e ameaça, previstos nos artigos 14, da Lei 10.826/03, e 147 do Código Penal.

Araguatins

Já no dia 20, a Polícia Militar em Araguatins prendeu um homem de 27 anos por porte ilegal de arma de fogo. Após chamar a atenção dos policiais, o homem foi abordado e com ele havia um revólver calibre 38, marca Taurus, oxidado, numeração raspada, com capacidade para seis tiros, sendo que a arma estava com seis munições intactas.

Chamou a atenção dos militares o fato de que quatro das munições eram do tipo “hollow point”, conhecidas como “pontas ocas” ou explosivas. As munições tipo “hollow point” possuem uma cavidade na ponta que proporciona sua expansão quando atinge obstáculos de consistência típica de tecidos animais, aumentando seu diâmetro e, consequentemente, a transmissão de energia, os danos do impacto e, se for o caso, o sangramento da vítima. São, portanto, munições mais letais. O autor foi conduzido, juntamente com a arma e as munições, para a Delegacia de Augustinópolis.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.