Deputado Wanderlei Barbosa (SD)

O atual prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), visitou neste sábado, 8, a Praia da Tartaruga, em Peixe, cidade ao sul do Tocantins.

Depois da grande polêmica causada por Amastha na semana passada, em que ele chamou os políticos do Tocantins de “vagabundos”, o prefeito acompanhado de assessores, tentou surfar na popularidade do atual prefeito de Peixe, Zé Augusto (PR) e do vice, João Carlos Lima Neto, o Patiu (PDT).

Ao contrário do que Amastha saiu espalhando nas redes sociais, sua passagem pela praia da Tartaruga, em Peixe, foi bem simples, onde foi cortejado na grande maioria apenas por pessoas de sua comitiva.

O Deputado Estadual Wanderlei Barbosa (SD), disse que desafia Amastha a mostrar que recebeu apoio da população com declarações de votos, bem como dos políticos de Peixe, já que o prefeito estava acompanhado apenas de seus assessores, de ex-prefeitos, ex-deputados, ex-vereadores e ainda chamando os que tem mandatos de “vagabundos”.

“O Amastha disse que recebeu o apoio de políticos de Peixe e do Tocantins os quais foram taxados pelo próprio Amastha de vagabundos, eu faço aqui um desafio para que ele mostre que recebeu apoio de políticos do Estado e da sociedade por xingar as pessoas que exercem a mesma função política que ele. ” Disse Wanderlei Barbosa.

O deputado disse ainda, que Amastha visita as praias do Tocantins para forjar informação de popularidade, de que foi aclamado, mas que tudo é mentira. De acordo com o parlamentar, a popularidade de Carlos Amastha é somente no celular.  “Em Peixe ele [Amastha] visitou duas barracas da prefeitura, onde almoçou e deu meia volta com sua equipe, sem nada de aclamação é tudo forjado, ele visita as praias do Estado somente para postar nas redes sociais”, concluiu.

Barbosa chama atenção, sobre a dissimulação de Amastha. ‘Diga com quem tu andas que eu direi quem tu és! E agora Amastha, quem são os vagabundos?’

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.