Na manhã desta quinta-feira, 15, o descaso com a saúde da população tocantinense foi novamente destaque na mídia nacional e desta vez apelidado como “”tragédia” e “hospital de guerra”. Segundo o Bom Dia Brasil, o maior hospital público do Tocantins, o Hospital Geral de Palmas (HGP), os pacientes são obrigados a ficar nos corredores superlotados ou em uma tenda improvisada há mais de três anos, que mais parece um hospital de guerra, que segundo especialistas, uma tenda como aquela só é aceitável casos de catástrofe ou realmente de guerra.

O caos na saúde do Tocantins é um tema denunciado diariamente em vários sites de notícias de todo Brasil, os pacientes amontoados com vários tipos de doenças nos corredores levam de casa ventiladores para amenizar o calor  e ficam na tenda que era para ser temporária mas já dura três anos.

O Conselho Regional de Medicina chegou a recomendar a interdição do Hospital, pois os médicos e enfermeiros não conseguem atender a todos pacientes, o que significa que a qualquer momento os profissionais podem parar de atender por falta de condições mínimas de trabalho.

ASSISTA O VÍDEO:
https://youtu.be/i6MouxZwq9A

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.