Três pessoas foram presas na noite de sábado, 6, suspeitas de praticar um assalto em um motel na BR-010, em Imperatriz-MA. Os presos foram identificados como: Misael Batista de Oliveira Júnior, 23 anos, morador da Vila Fiquene em Imperatriz; Jhon Kennedy Teixeira dos Santos, 20 anos, morador do Centro, também em ITZ; e Jardel da Silva Carvalho, 19 anos, morador da cidade de Dom Elizeu, no Estado do Pará.

Segundo informações do 3° Batalhão da Polícia Militar maranhense, a Central de Operações recebeu informações de que bandidos haviam assaltando algumas pessoas que estavam trabalhando na reforma de um motel na BR-010, o qual está fechado por causa das obras.

Chegando ao local, a PM confirmou a veracidade do fato e colheu informações sobre o crime. A polícia foi informada pelas vítimas que um dos funcionários contratado recentemente havia pedido para sair mais cedo. Assim que o homem saiu, três indivíduos pularam o muro do estabelecimento e, de posse de uma arma de fogo, renderam os funcionários e levaram todos os celulares e o dinheiro das vítimas, além de roubarem os vinte e três aparelhos de televisão LCD que estavam nos apartamentos. Após praticarem o crime, os assaltantes fugiram em um carro preto.

Em posse das informações, a polícia passou a suspeitar do funcionário que havia saído mais cedo, pois, segundo as vítimas, durante o assalto os bandidos receberam a ligação de um quarto elemento solicitando detalhes sobre o sucesso da missão.

A PM foi à casa do funcionário, identificado como Misael Batista de Oliveira Júnior, morador da Vila Fiquene. Misael estava na companhia de mais duas pessoas – Jhon Kennedy e Jardel da Silva – as quais ainda tentaram se esconder dentro de casa, mas acabaram sendo detidas pela polícia. Na residência de Misael a PM encontrou: o dinheiro roubado das vítimas, contabilizando R$ 524; três celulares; um colete balístico; três relógios de pulso; uma motocicleta Honda/Pop 110I de placa QDY-4121, a qual já havia sido usada para praticar assaltos na região da Vila Nova; e um simulacro de arma de fogo, que estava escondido no forro da casa. (Imirante)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.