Na segunda-feira, dia 11, A Educação de Araguaína ganhou o noticiário nacional. A edição n° 883 da Revista Época publicou que Araguaína está acima da média nacional do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Araguaína está entre os 11 municípios brasileiros que superaram os dados nacionais citados pela reportagem. A cidade é a única do Tocantins e o segundo município da Região Norte, ao lado de Ji-Paraná (RO).

“Temos dado prioridade para a educação e vemos que os frutos são colhidos por todos, pela nossa cidade. Parabéns aos profissionais da educação, que são a nossa base e que têm feito a diferença em nossa gestão”, disse o prefeito Ronaldo Dimas.

O Ideb é calculado levando em conta as médias da Provinha Brasil e a taxa de aprovação dos alunos do Tocantins. “Realizamos trabalhos de sistematização, acompanhamento e reacompanhamento das atividades desenvolvidas pelos professores e na aprendizagem dos alunos. Sempre nos preocupamos com a qualidade do ensino nas escolas municipais, o que gera bons frutos em todas as unidades de ensino do Município”, explicou o secretário municipal da Educação, Jocirley de Oliveira.

Números

Araguaína teve o número de 1,3 de repetência, quando a média nacional é de 6,1. A média nacional de abandono é de 1,2, Araguaína teve zero de evasão, o que significa dizer que a cidade não teve déficit educacional.

A nota de Matemática e Português, respectivamente, foi de 37 e 41, acima da média nacional, que é de 32 e 38, respectivamente. Sobre a nota do Ideb, a meta a ser alcançada era de 5,3. Araguaína obteve uma média de 5,4. Algumas escolas já alcançaram a meta estipulada para 2019, que é de 6.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.