A enfermeira Marcela Moreira Leal foi condenada a 17 anos de prisão, nesta segunda-feira 11, em Araguaína, por contratar um pistoleiro para matar o ex-marido, Tone Ramos, em 2012.

O contratado por Marcela para assassinar o ex-marido foi Rosinaldo Rodrigues da Silva de 28 anos, ele foi preso em Marabá-PA, em maio de 2015 e confessou o crime para a polícia, ele teria recebido aquantia de R$ 4 mil para cometer o ato.

O julgamento da enfermeira foi realizado em Araguaína no prédio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Marcela já se encontrava presa desde 2015, na Cadeia Pública de Babaçulândia.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.