O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desembargador Marco Villas Boas, recebeu a imprensa na tarde desta terça-feira, 27, para esclarecer os procedimentos que serão adotados após a publicação do acórdão do Tribunal Superior Eleitoral, na segunda-feira, 26, e a notificação daquela Corte para que o Regional tocantinense proceda à realização de eleição direta.

O presidente informou que o pleito suplementar poderá ocorrer no primeiro domingo de junho e que as resoluções norteando os prazos eleitorais e demais procedimentos para a eleição passarão por análise do Tribunal Pleno, em sessão prevista para acontecer na próxima quarta-feira, 4.

Em sua fala Villas Boas destacou que o Tribunal está preparado para realizar a eleição direta que se aproxima e que o pleito tem uma previsão de custo de aproximadamente R$ 15 milhões. A missão da Justiça Eleitoral é velar pela regularidade das eleições, para que sejam eleições limpas, transparentes e que a democracia prevaleça, disse.

Ao final da coletiva o presidente orientou os eleitores para que prestem atenção nas propostas dos candidatos e votem com consciência. Nós temos o dever cívico de repassarmos todos esses episódios em nossas mentes e nos encaminharmos às urnas pensando que a nossa escolha deve ser acertada, livre de qualquer constrangimento ou de máculas, revendo o histórico de todos os candidatos que se colocarem à disposição da Justiça Eleitoral, analisando a sua vida pessoal, o caráter o seu comprometimento ético com a democracia, disse.

No fim do dia, o presidente do TRE Tocantins ainda recebeu o presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse e sua vice, deputada estadual Luana Ribeiro, entregando em mãos a notificação de cumprimento imediato da decisão do TSE, desejando à gestão sucesso frente ao mandato tampão.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.