“Antes de amar, o filho precisa aprender a respeitar os pais”. Essa foi uma das frases do diretor de comunicação da Federação de Amor Exigente (Feae), Ronaldo Rissetto, durante a palestra “Transformando Famílias com Amor Exigente”, realizada na tarde desta terça-feira (14), no auditório da Justiça Federal, em Palmas. Dezenas de pessoas, em sua maioria servidores do Poder Judiciário, participaram do encontro que teve o objetivo de discutir as relações familiares.

Para exemplificar algumas das teorias apresentadas na palestra, Ronaldo Rissetto contou um pouco de sua história pessoal. “Meu filho usou drogas dos 12 aos 24 anos de idade. (Neste período) eu fazia tudo por ele. Se batia o carro, eu ia na polícia e falava que tinha sido eu. Se precisasse de dinheiro, eu dava. Ele não era o protagonista da própria vida”, relatou ao falar sobre a importância da atitude, por parte dos pais, para que sempre seja feito aquilo que realmente é o melhor para os filhos, mesmo que no momento a ação pareça ser rude.

Casado e com um filho de 17 anos, o servidor da Justiça Federal, Mariano Silva Mendes, foi um dos participantes da palestra e disse que os ensinamentos irão ajudá-lo em muitas decisões. “Às vezes, a gente quer proteger muito (os filhos) e esquece da cobrança”, destacou. Outros pontos considerados importantes por Rissetto, são o diálogo na família e a mudança pessoal. “O Amor Exigente trabalha você, não a outra pessoa. É preciso ser fiel, honesto e verdadeiro (para ajudar o ente familiar)”. A palestra foi organizada pela Seção Judiciária do Tocantins em parceria com o grupo de voluntários da Feae de Palmas.

O Amor Exigente

Desde 1984, o Amor Exigente desenvolve preceitos para a organização da família, que são praticados por meio dos 12 Princípios Básicos e Éticos da espiritualidade e dos grupos de auto e mútua-ajuda. Através de seus voluntários, sensibilizam as pessoas, levando-as a perceberem a necessidade de mudar o rumo de suas vidas e do mundo, a partir de si mesmas.

Atualmente, o movimento conta com 11 mil voluntários, que realizam, aproximadamente, 100 mil atendimentos mensais por meio de reuniões, cursos e palestras. São mais de mil grupos no Brasil, 1 na Argentina, e 14 no Uruguai, além de cerca de 259 Subgrupos de frutos de Amor-Exigente.

Congresso Nacional em Palmas

Entre os dias 30 de março e 2 de abril, Palmas irá sediar o V Congresso Internacional e XII Congresso Nacional do Amor-Exigente no Centro de Convenções e Eventos Arnaud Rodrigues. O tema será “Amor e Ética na Formação de uma Civilização Sustentável”. As inscrições podem ser feitas pelo site http://www.congressoamorexigente.org.br.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.