Economista Maria Lucia Bahia Lopes/ Banco da Amazônia

O Banco da Amazônia está com chamada aberta para publicação de artigos na revista Amazônia: Ciência & Desenvolvimento, periódico especializado na divulgação de textos sobre temas regionais. Ao longo de 2017, serão lançadas duas edições, ambas comemorativas aos 75 anos de existência da instituição financeira, que faz aniversário no próximo mês de julho. Fonte de consulta para técnicos, pesquisadores, empreendedores e demais interessados em aprofundar seus conhecimentos sobre a Amazônia, a revista é editada desde o ano de 2005, sendo um canal privilegiado de difusão de resultados de pesquisas e de artigos científicos.

“Nesses 12 anos temos disseminado o conhecimento especializado sobre a região, divulgando resultados de pesquisas de autores consagrados, citados nas melhores revistas do país e do estrangeiro. O conhecimento é o maior insumo desse século, daí alimentarmos um sonho de que nossa revista se torne cada vez mais qualificada e reconhecida como a principal fonte de difusão de conhecimentos da Amazônia”, ressalta a economista Maria Lúcia Bahia Lopes, editora do periódico.

A revista Amazônia: Ciência & Desenvolvimento é indexada pelo Qualis/CAPES, um sistema de classificação de periódicos, anais, jornais e revistas utilizado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), do Ministério da Educação. Nesse sistema, a revista do Banco da Amazônia é bem conceituada nas áreas de Ciências Ambientais e Agrárias, em especialidades como Engenharias, Planejamento Urbano e Regional, Geografia, Zootecnia, Biodiversidade, Economia e Ciência Política e Relações Internacionais.

Neste ano, entre outros assuntos, o Banco da Amazônia receberá artigos sobre transferência de tecnologia direcionada aos desafios científicos e tecnológicos constantes do Programa Brasileiro de Agricultura de Baixo Carbono, Integração Lavoura Pecuária e Floresta, recuperação de áreas degradadas com plantio de espécies nativas, tecnologias modernas de uso sustentável das florestas, gestão e manejo sustentável da produção e dos recursos naturais em assentamentos de reforma agrária e agricultura familiar, restauração ambiental com geração de renda em comunidades ribeirinhas e agroecologia.

Para o doutor em Ciências Agrárias, Fabrício Khoury Rebello, com a publicação da revista o Banco da Amazônia reforça sua posição estratégica na região. “Não só pelo estoque de artigos publicados, mas pela qualidade e abrangência dos assuntos, com esse periódico a instituição demonstra seu compromisso com o desenvolvimento sustentável, pois, como se sabe, ciência e desenvolvimento são peças essenciais para converter potencialidades em progresso material e social, possíveis de serem traduzidos em benefícios socioeconômicos para o conjunto da população regional e sustentabilidade ambiental”, diz o pesquisador da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA).

Os interessados em publicar artigos na revista Amazônia: Ciência & Desenvolvimento podem enviar os textos para a 24ª edição do periódico até o dia 30 de maio e, para a 25ª edição, que será lançada no segundo semestre, até o dia 23 de setembro. Os trabalhos devem ser encaminhados para o e-mail revistacientifica@bancoamazonia.com.br. As normas para publicação podem ser vistas no site www.bancoamazonia.com.br.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.