Edu Fortes/ Ascom Prefeitura de Palmas

Mulheres em situação de vulnerabilidade social foram beneficiadas com a entrega de 120 unidades habitacionais do Residencial Barra da Tijuca, na Arse 132 (1.306 Sul), nesta terça-feira, 17. A conquista é parte de uma luta do Núcleo Especializado de Defesa da Mulher (Nudem), da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO). A entrega das unidades habitacionais foi comemorada pela defensora pública Franciana Di Fátima, coordenadora do Nudem. Ela compareceu à solenidade, que contou com a presença da prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, o governador do Estado, Mauro Carlesse e o vice-governador, Vanderlei Barbosa, vereadores, secretários municipais e estaduais, representantes de autarquias e a comunidade.

A defensora pública lembrou que apresentou a demanda à Prefeitura de Palmas, ainda no mês de junho deste ano, com uma relação de demandas habitacionais de mulheres assistidas pela DPE-TO, em situação de vulnerabilidade, além de relatar algumas histórias de mulheres vítimas de violência doméstica assistidas pelo Núcleo. “A assistência habitacional é um grande passo para a reinserção dessas mulheres na sociedade. A moradia própria é essencial para que a mulher consiga reconstruir sua vida”, afirmou a defensora.

Durante a solenidade, a prefeita Cinthia Ribeiro lembrou que, dos 20 pedidos que a Defensoria Pública apresentou de moradia para mulheres vítimas de violência em situação de vulnerabilidade, 18 deles foram atendidos. “Graças à atuação da Defensoria Pública, essas mulheres que viviam em situação de violência doméstica e extrema pobreza hoje conquistaram a sua moradia digna. Parabéns Franciana, leve o nosso abraço a todos do Nudem e da Defensoria que têm esse trabalho brilhante”, declarou a prefeita, acrescentando ainda sobre a importância do trabalho desenvolvido pelo Núcleo e enfatizando a disposição de providenciar políticas que fomentem e promovam a garantia de direitos das mulheres.

Unidades habitacionais

O empreendimento foi construído por meio de parceria entre o município de Palmas, o Governo do Tocantins e o Governo Federal, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O empreendimento Barra da Tijuca foi construído com recursos do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS), através do PAC. O total de investimentos foi de R$ 6,5 milhões, sendo R$ 3,9 milhões do Governo Federal e R$ 2,6 milhões dos cofres municipais. Já o terreno foi doado pela administração estadual.

Comentários do Facebook