Na manhã da quarta-feira, 3, uma operação da Polícia Civil do Maranhão foi deflagrada no intuito de executar mandados de busca e apreensão em meio a investigação que apura a existência de uma organização criminosa na Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Imperatriz – Maranhão, que seria responsável por desvios de verbas públicas e cobranças de propina.

Segundo à Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção(SECCOR), as investigações apuram suspeitas de que, mediante a participação de um ex-secretário, tenha havido a prática de rachadinha, quando servidores são obrigados a repassar parte de seus salários a terceiros, e lotação de servidores fantasmas, além de cobranças de propina junto a usuários dos serviços.

Como resultado da ação policial, os investigadores apreenderam vários aparelhos de celulares e documentos em residências de servidores municipais e do ex-secretário da SEPLU de Imperatriz. Todo o material apreendido será periciado, e as informações obtidas nele inseridas ao inquérito policial.

Comentários do Facebook