Polícia investiga compra de voto no Tocantins e conduz para delegacia fiscal acusado de fazer boca de urna

A Polícia Militar está apurando uma denúncia de compra de votos em Santa Maria do Tocantins. A informação é de que eleitores teriam recebido cheque de R$ 1 mil. Os envolvidos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil para prestar depoimento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em Combinado, a Policia Militar deteve um fiscal de seção por suspeita de boca de urna. O homem utilizava adesivo com número de um candidato, em descumprimento à legislação eleitoral. A denúncia foi feita por outro fiscal que estava no local. O autor foi conduzido para a delegacia da cidade.

Comentários do Facebook