Bruno Boa Ventura - Delegado exonerado

A OAB-TO (Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins) emitiu, neste sábado, 17 de novembro, nota sobre a exoneração de Bruno Boaventura Mota do cargo de delegado regional em Araguaína.

O posicionamento é assinado pelo presidente Walter Ohofugi Júnior.

Confira a nota na íntegra abaixo:

Nota – exoneração do delegado Bruno Boaventura

É com preocupação que a OAB-TO

Bruno Boa Ventura – Delegado exonerado

(Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins), na sua missão constitucional de zelar pelo bom andamento das instituições e pela adoção das melhores práticas na gestão pública, vê as notícias veiculadas referente a exoneração do delegado de Polícia Bruno Boaventura Mota do cargo de delegado regional em Araguaína, em especial caso ela tenha sido motivada por fatores estranhos as melhores práticas administrativas.

Assim como os delegados Rerisson Macedo e Guilherme Torres, bem como agentes e investigadores, o delegado Bruno Boaventura desfruta do reconhecimento da advocacia tocantinense pelos bons serviços prestados à população de Araguaína e do Tocantins, especialmente, no crime que vitimou o colega Danillo Sandes.

A OAB-TO acompanha atenta o caso e espera que o bom senso e os interesses republicanos prevaleçam neste episódio.

Walter Ohofugi Júnior

Presidente da OAB-TO

Comentários do Facebook