Linha de frente

O Governo do Tocantins pagou nesta sexta-feira, 07, através de folha complementar, as gratificações de 1432 servidores que atuam na linha de frente no combate à Covid-19. No total, cerca de R$2,8 milhões foram creditados a médicos e pessoal de apoio clínico e apoio logístico, de 14 das 18 unidades geridas pelo Executivo Estadual, referentes ao mês de junho de 2020.

De acordo com a Superintendência de Gestão Profissional e Educação na Saúde, a equipe técnica trabalha para que o valor referente ao mês de julho seja pago na competência de agosto, que é creditada em setembro. “Vale destacar que os servidores que receberam hoje, são os lotados nas unidades hospitalares que repassaram a relação dos profissionais em tempo hábil. Nossa equipe continua recebendo os dados e os demais devem ficar tranquilos que receberão junto com o pagamento do mês de julho”, destacou a  superintendente de Gestão Profissional e Educação na Saúde, Andreia Claudina de Freitas Oliveira.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tollini, “o pagamento destas gratificações previstas em legislação e demandadas pelo Governador Mauro Carlesse, mostra o compromisso da gestão com a população tocantinense que precisa de um atendimento em saúde cada dia melhor e o respeito para com os profissionais de saúde que são os heróis, neste momento pandêmico”, enfatizou.

Regulamentação

Como o serviço público possui limitações para tetos salariais, não podendo equiparar os rendimentos com o das instituições privadas, o Governo do Tocantins instituiu, gratificações e indenizações exclusivas para os profissionais que trabalham em diversos setores das unidades hospitalares em atendimentos a pacientes acometidos com a Covid-1

Comentários do Facebook