O governo do Estado do Tocantins publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa sexta-feira, 7, a contração de uma empresa para fazer a gestão hospitalar de 70 novos leitos clínicos e leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) no Hospital Oncológico de Palmas.

Trata-se de mais uma ação emergencial determinada pelo governador Mauro Carlesse, com o objetivo de ampliar a oferta de atendimento especializado para os casos graves da Covid-19.

“Todo nosso planejamento estratégico tem surtido efeitos rápidos na saúde e assim que a demanda aumentou, nossas equipes foram ágeis em buscar novos leitos. Para sanar essa demanda, não estamos poupando esforços e nem recursos. Garanto que o Tocantins está pronto para enfrentar a pandemia, reunindo as melhores condições possíveis para o nosso cidadão”, destacou o Governador.

A publicação no DOE informou um total de 70 novos leitos, sendo 60 leitos clínicos que estão 100% equipados para tratar os casos moderados da Covid-19 e mais 10 leitos de UTI, destinados exclusivamente aos pacientes em estado grave da doença.

Apesar de estarem instalados em Palmas, o titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES), doutor Edgar Tollini, esclareceu que os leitos podem ser usados por pacientes de todas as regiões do Tocantins com a garantia de acesso dada pelo Estado.

“Os novos leitos estão em Palmas, mas a Secretaria de Saúde já dispõe desde o início da pandemia de um sistema para transferência de pacientes. Temos hoje uma frota com mais ambulâncias, que são usadas para o transporte aos leitos clínicos e ainda uma empresa terceirizada com total estrutura para levar o cidadão direto até as UTI’s. Quem precisar de atendimento será rapidamente deslocado até a Capital pela nossa equipe”, enfatizou o gestor.

Comentários do Facebook