Estrutura conta com uma cabine de desinfecção

A testagem em massa de cidadãos, como forma de isolar os contaminados por Covid-19 para tratamento imediato, tem sido uma das estratégias mais eficientes para controlar o contágio, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Por isso, a Prefeitura de Peixe adquiriu testes suficientes para quase um quarto da população. A testagem começa nesta quarta-feira, 21.

Segundo o prefeito, José Augusto Bezerra Lopes, a realização dos testes rápidos em massa ajudará também no planejamento das ações para enfrentamento da doença. “Neste cenário de pandemia, o teste rápido é um instrumento estratégico para atuarmos de forma preventiva. Queremos identificar os doentes e quebrar uma possível cadeia de transmissão do vírus, isolando os assintomáticos por pelo menos 14 dias e rastreando com quem ele teve contato para também testar”, explicou.

Os 2500 testes que serão utilizados são do tipo rápido, que identifica a presença de anticorpos contra o coronavírus no organismo. Nessa primeira fase, a intenção é testar todo o grupo de risco: profissionais da saúde e segurança pública; obesos e tabagistas; idosos com mais de 60 anos; hipertensos, diabéticos e portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica.

Os testes serão realizados em uma estrutura com tendas em frente a recepção do Hospital Municipal Antônio Pires, na rua Celestino de Abreu, das 08h às 12h e depois retomando das 14h às 18h. “Estamos tomando todas as medidas para que os testes sejam feitos de forma organizada, sem aglomeração, com distanciamento social. Haverá álcool em gel em diversos totens e todos devem usar máscaras de proteção”, afirmou o prefeito.

Também serão disponibilizados kits com o medicamento ivermectina e polivitamínico (vitamina C + zinco), que auxiliam na melhora da imunidade.

Cronograma

22 a 24/07 – Profissional da Saúde e Segurança Pública;

27 e 28/07 – Obesos e Tabagistas

29/07 a 04/08 – Idosos com mais de 60 anos

05/08 a 11/08 – Hipertensos, Diabéticos e portadores de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC)

Comentários do Facebook