A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 7ª Delegacia de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (7ª DEAM-V), de Miracema do Tocantins, deflagrou, nesta terça-feira, 14, uma operação de combate à criminalidade, a qual resultou na apreensão de um revólver calibre 38, bem com na prisão de um indivíduo de 21 anos de idade.

Segundo a delegada Iolanda Pereira de Sousa, titular da 7ª DEAM-V e responsável pelo caso, alguns dias atrás, uma enfermeira compareceu até a sede da Delegacia Especializada e relatou a autoridade policial que tanto ela, como sua filha, estariam sofrendo ameaças e, também sendo perseguidas por um indivíduo de 21 anos que também é seu afilhado.

Desse modo, a Polícia Civil deu início às investigações para apurar a veracidade dos fatos. No decorrer dos trabalhos, os policiais descobriram que o indivíduo estaria incorrendo na conduta delituosa por ciúmes de sua madrinha.

Os policiais também descobriram que ele poderia estar utilizando uma arma de fogo, no sentido de ameaçar as vítimas, fato que motivou a autoridade policial a representar junto ao Poder Judiciário por um mandado de busca de apreensão na residência do suspeito.

De posse da ordem judicial, na manhã desta terça-feira, os policiais civis foram até a casa do homem e encontraram na posse do mesmo um revólver calibre 38, bem como, 15 munições intactas do mesmo calibre. Diante das evidências, o indivíduo foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Miracema onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. No entanto, ele pagou a fiança arbitrada pela autoridade policial e obteve o direito de responder aos processos em liberdade, uma vez que ele também responde pelo crime de violência doméstica.

Comentários do Facebook