Aposentada Maria de Lourdes Pereira de Souza recebeu a equipe do Ruraltins de braços abertos (Foto Brener Nunes/Governo do Tocantins)
Alegria e gratidão. Estes foram os sentimentos transmitidos pelos moradores de assentamentos dos municípios de Araguatins, Cachoeirinha e São Bento, na região do Bico do Papagaio. A ação do Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins) em parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), iniciou nessa quinta-feira, 7, com a entrega de 1.110 cestas básicas às famílias do extremo norte do Estado, que se encontram em situação de vulnerabilidade devido a pandemia causada pelo novo Coronavírus.

Em meio a estradas de chão e fraco sinal de telefonia, as famílias de assentamentos rurais próximos aos municípios receberam a ação emergencial. Muitos trabalham em plantações de milho, arroz e mandioca e estão evitando ir à cidade até para fazer compras.

Os trabalhos de entrega das cestas começaram logo cedo com a logística de carregamento de veículos e a divisão das equipes, em Araguatins. A equipe do Ruraltins entregou as cestas de casa em casa a fim de evitar que idosos e pessoas em situação de risco possam se expor à contaminação pelo novo Coronavírus.

Para o presidente do Ruraltins, Thiago Dourado, este primeiro dia foi de reconhecimento. “Hoje, no primeiro dia de entregas aqui na região do Bico, vimos o quanto essas famílias estão precisando, o quanto elas estão passando por dificuldade neste momento de isolamento social e o quanto elas se sentiram importantes e lembradas quando chega um carro do Governo aqui, demonstrando que o Governador lembrou delas com a entrega destas cestas”, afirmou.

“Os assentamentos estão há muito tempo esquecidos. Nós acendemos uma chama de esperança neles. Escutei muitos sonhos e projetos e o Ruraltins está levando esta bagagem inteira para discutir essas políticas públicas tão necessárias para todas as comunidades rurais”, complementou Thiago Dourado.

Sentimento

A aposentada Maria de Lourdes Pereira de Souza recebeu a equipe do Ruraltins de braços abertos. “Muito obrigada, fico muito feliz! Está com três meses que fiz compras e já estava precisando demais de produtos como esses que vocês trouxeram, só tenho a agradecer por esta cesta básica. Moro só, sou viúva, e tenho o costume de trabalhar, tô começando a plantar algumas coisinhas pra me alimentar. Quero agradecer ao Governador e que Deus dê em dobro o que ele está me dando”, destacou Maria de Lourdes.

Dona Enedina Alves da Silva, de 78 anos, é viúva e mora sozinha. “Fico feliz demais em receber essas cestas e quero agradecer ao nosso Governador por essa ajuda”, disse a aposentada.

Helena Barbosa, de 66 anos,  também recebeu cesta básica. “Graças a Deus, ele colocou vocês no meu caminho, muito obrigada por tudo, só tenho a agradecer essa ajuda nesse momento tão difícil”, afirmou com água nos olhos, pois sua geladeira estava vazia.

A dona de casa Ivanilde Santos demonstrou gratidão ao receber a cesta básica. “Quero agradecer primeiramente a Deus e ao nosso governador do Estado, Mauro Carlesse, por essa oportunidade de receber esta cesta básica; fico muito grata, pois estamos passando por tempos difíceis e essa ajuda nesse momento é fundamental para que possamos ficar mais tranquilos e dá o alimento aos nossos filhos”, afirmou.

José Nunes dos Santos, 68 anos, trabalha com agricultura desde os sete anos de idade e reside no Projeto de Assentamento Oziel Alves, próximo a Cachoeirinha, há 17 anos. “Trabalho na roça todos os dias. Tenho casa aqui, mas meu lar é o chapéu na minha cabeça”, comentou.

Municípios

Para alcançar todas as famílias que tiveram sua renda familiar comprometida e que se encontram em situação de vulnerabilidade por causa da pandemia ainda serão contemplados os municípios de Aguiarnópolis, Ananás, Angico, Augustinópolis, Axixá, Buriti, Carrasco Bonito, Darcinópolis, Esperantina, Itaguatins, Luzinópolis, Maurilândia, Nazaré, Praia Norte, Sampaio, São Miguel, São Sebastião, Sítio Novo, Tocantinópolis e Xambioá.

Nesta sexta-feira, 8, as equipes vao finalizar as entregas em Cachoeirinha, São Bento e Araguatins e iniciar em Augustinópolis.

Famílias atendidas

Desde o dia 21 de março deste ano, mais de 38,5 mil famílias já receberam alimentos e itens de higiene, por meio da Setas e de órgãos parceiros. No total, foram distribuídas 595 toneladas de mantimentos. 
Comentários do Facebook