Com a presença de estudantes do Colégio Estadual Frederico Pedreira, de Palmas, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, assinou na tarde desta segunda-feira, 6, contrato com o Instituto Euvaldo Lodi (IEl/TO) para operacionalização de vagas de estagiários que serão aproveitados na administração pública estadual, por meio do Programa Oportunidade Jovem.  O programa foi criado pelo Governo do Estado no último mês de abril, com o objetivo de oportunizar estágios aos estudantes do ensino médio, técnico e superior.

Na oportunidade, o governador Mauro Carlesse, destacou que o programa constitui uma oportunidade de estagio para centenas de jovens estudantes e de melhoria dos serviços prestados no âmbito da administração pública. “Os jovens precisam de uma oportunidade para crescer profissionalmente e eu sempre defendi que os organismos públicos devem participar dessa formação, e também constitui uma forma de melhorarmos os serviços públicos”, ressaltou.

Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), Roberto Pires, a implantação desse programa foi uma demonstração de visão. “O governador Mauro Carlesse deu uma demonstração de visão, porque esses jovens estudantes estarão atuando em suas áreas de formação, o que certamente vai contribuir para a formação de uma mão de obra de qualidade em todo o Estado”.

Oportunidade

Ao todo serão disponibilizadas cinco mil vagas em Palmas e nas demais cidades do Estado. A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, disse que é a hora de cada jovem abraçar essas oportunidades ofertadas pelo governo do Estado. “É importante que os jovens saibam aproveitar essa oportunidade. Temos um governador empreendedor que tem toda uma preocupação e dedicação com os nossos jovens”.

O secretário de Estado da Administração, Edson Cabral, explicou que o principal objetivo do programa é gerar oportunidade para os jovens colaborarem na prestação de serviços na administração pública do Tocantins. “Ele tem abrangência em todas as cidades do Estado e compreende todos os campos de ensino. Todo curso de formação que tenha uma especificação pode participar”, explicou o secretário lembrando ainda que inicialmente foi assinado um contrato com o IEL, mas que outras entidades também serão credenciadas.

A superintendente do IEL, Roseli Sarmento, disse que esse programa é muito importante para os jovens nesse momento de dificuldades que o País atravessa. “É um programa muito importante para a juventude tocantinense, principalmente nesse momento de dificuldades que atravessa o País e constitui uma excelente iniciativa do governador Mauro Carlesse em proporcionar essa oportunidade aos jovens”.

As vagas serão distribuídas conforme a demanda apresentada pelos órgãos, de acordo com o quadro de níveis de estagiário (médio, técnico e superior), com cargas horárias de quatro ou seis horas diárias e bolsas que variam de R$ 500 a R$ 1.200. O estágio terá a duração de até 24 (vinte e quatro) meses, exceto quando se tratar de estagiário portador de deficiência, conforme preceitua o artigo 11 da Lei nº 11.788/08.

Podem participar estudantes a partir de 16 anos de idade regularmente matriculados.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.