A Prefeitura de Araguaína, no norte do Tocantins, contratou por R$ 2 milhões, sem licitação, o Instituto Saúde e Cidadania (Isac) para gerenciar a crise do novo coronavírus durante 180 dias.

De acordo com o contrato, o Instituto deverá fazer o gerenciamento, operacionalização e execução das atividades no município. Não há detalhamento de quais atividades seriam estas.

Araguaína registra seis casos confirmados de Covid-19 até esta quarta-feira, 8. A cidade é a segunda maior do Tocantins e tem o segundo maior número de casos, atrás apenas de Palmas.

Comentários do Facebook