Moacri

Após quatro rodadas e a dois pontos do topo da tabela, o Ricanato decidiu reforçar a equipe para a sequência do Tocantinense 2016. A diretoria anunciou a contratação do atacante Cicinho, do lateral direito Pedro Balú e do zagueiro Moacri. O objetivo é fortalecer o grupo com jogadores experientes, mesclando com a juventude do atual elenco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pedro Balú já vestiu a camisa do Ricanato em 2014, quando foi o capitão da equipe na disputa da segunda divisão do Campeonato Tocantinense. Com 29 anos, 1,75m e 69kg, o lateral direito natural de Dois Irmãos (TO) estava no futebol paraense. Ele tem passagens por clubes como Remo (PA), Rio Branco (AC) e São Caetano (SP).

Já Cicinho, de 29 anos, chega do futebol alagoano. O atacante tem como qualidades a velocidade e o chute preciso. Já vestiu a camisa de clubes como o Asa de Arapiraca (AL) e fez história no campeonato Pernambucano. Cicinho é natural Palmeira dos Índios, tem 1,66m e 64kg.

O terceiro reforço do Ricanato é um velho conhecido dos tocantinenses. Moacri Alves Feitosa Neto é natural de Xambioá e defendia as cores do Santa Rita (DF), mas já jogou pelo Campinense (PE), Brasiliense (DF) e tem passagens por clubes do Tocantins, com Palmas FR, Tocantins de Miracema e Gurupi. Moacri tem 34 anos 1,85m e 78kg.

O Ricanato está com 7 pontos e visita o Tocantins de Miracema neste sábado, 23, na luta para retomar a liderança do Tocantinense 2016. Cicinho e Pedro Balú podem estrear já neste fim de semana. Moacri ainda aguarda inscrição no Boletim Informativo Diário da CBF.

Cicinho
Cicinho
Pedro Balú
Pedro Balú
Moacri
Moacri
Comentários do Facebook