A Defensoria Pública lançou o Projeto “Ressignificando o papel da família na desagregação social causada pela dependência química”, a ser realizado até o dia 30 de abril, na sede da Instituição em Guaraí, com os assistidos e familiares. O Projeto, de iniciativa das varas de Família, Infância e Juventude e Sucessões de Guaraí, têm como objetivo promover a aproximação entre os assistidos que vivenciam, no seio de suas famílias, situações dramáticas relacionadas ao uso de álcool e outras drogas e a Instituição.

A ação será coordenada pelos profissionais das áreas de Serviço Social: a Janaíze Figueiredo Pirolli e o Pedro Paulo Valadão Coelho, sob a coordenação do defensor público Leonardo Oliveira Coelho. Contará ainda com parceria da Secretaria de Saúde do Município de Guaraí e a Rádio Comunitária Ativa FM 87,9, onde o Defensor Público participa do Programa Semanal “Defensoria Informa”, toda terça-feira, das 10h às 10h30, e que será utilizado também para divulgação do Projeto para a população.

Serão realizados encontros semanais desenvolvendo, entre outras, as seguintes ações: escuta e orientações aos assistidos e palestras ministradas pelos membros da equipe multidisciplinar e jurídica da Defensoria e de autoridades parceiras convidadas.

Para o psicólogo da Defensoria em Guaraí e coordenador do Projeto, Pedro Paulo Valadão Coelho, espera-se com essa ação dar aos familiares que procuram a Instituição orientações sobre o uso de álcool e outras drogas em seu universo familiar. “Será um momento de escuta às suas angústias, de maneira continente, objetivando a expansão da capacidade de lidar com os problemas de tais pessoas, no enfrentamento das situações cotidianas atreladas à temática do projeto, reafirmando nossa missão institucional na promoção da cidadania, com atendimento humanizado e de qualidade”, disse.

(Josy Karla Costa)

 

Comentários do Facebook