Projeto Ricanato
Projeto Ricanato

Depois de cinco anos de vitórias a diretoria do Ricanato Futebol Clube decidiu dar um salto ainda mais ousado. Poucos dias depois de conquistar o Campeonato Estadual Sub18, o time da Região Sul de Palmas anunciou que mudará de nome e de cores para a próxima temporada. O Capital Futebol Clube – Tocantins, já nasce com herança vitoriosa e dará continuidade ao trabalho de base mas do Ricanato, mas com foco na projeção nacional do futebol tocantinense.

Ricardo Carreira, presidente do clube, conta que a ideia é continuar a administração profissionalizante, mas agora com uma perspectiva ainda mais ousada. Ou seja, incorporar ao clube o nome da Capital, o nome do Tocantins – e lançar o Estado por intermédio de um time que vai brilhar nacionalmente, dentro dos princípios que estão sendo adotados pelos grandes clubes internacionais.

“Para que possamos, nos próximos anos, comemorar as vitórias do time em torneios, copas, campeonatos, com a mesma emoção. Para fazer o futebol tocantinense ser respeitado em todo o país. Como uma nova paixão”, garante o dirigente.

Para alcançar os objetivos ambiciosos estão sendo criadas novas parcerias, com grandes times do Brasil, para intercambio de jogadores e troca de experiências. Assim, deixando de ser o time de uma empresa – e apenas da região Sul de Palmas – para se tornar o clube do Tocantins, o Capital FC nasce com uma missão muito clara para cumprir, reunindo em seu entorno – além dos competentes administradores do clube, outras forças do Tocantins e do Brasil.

No próximo ano, o Capital Futebol Clube disputará o Campeonato Tocantinense já sonhando com a Série D de 2018. Há uma semana, o clube conquistou o título do Campeonato Estadual Sub-18 e representará o Tocantins na Copa São Paulo de Juniores em 2018.

História

2012

O projeto do Grupo Ricanato surge com o objetivo de trabalhar e valorizar a categoria de base, em especial da região sul da Capital.

2013

Logo nos primeiros anos de atividade do Ricanato FC, vieram títulos em torneios sub-17 e sub-19, além de fazer história como o primeiro time tocantinense a disputar a Taça BH de Futebol, em Minas Gerais.

2014

Após o vice campeonato amador, o clube garantiu o direito de se profissionalizar. Assim, no segundo semestre o Ricanato disputou a segunda divisão do campeonato tocantinense de futebol profissional, chegando as semifinais do torneio.

2015

Estava reservado para ser o grande ano do time: no primeiro semestre, dois títulos (estadual e interestadual) coroaram campanhas da equipe sub-17, e na segunda metade do ano, um momento histórico, com a conquista do vice-campeonato da segunda divisão, quando o Ricanato FC passou a fazer parte da elite do Futebol do Tocantins.

2016

Foi montada uma equipe de atletas e comissão técnica de qualidade para a disputa da primeira divisão. E para coroar o trabalho da equipe, em novembro de 2016 a categoria sub-18 foi campeã estadual e ganhou o direito de disputar a Copa São Paulo de 2018.

Mesmo com esses triunfos, a direção do clube sentiu que, para continuar a dar a sua colaboração profissional ao esporte tocantinense, era necessário tomar outras atitudes, seguir novos paradigmas.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.