Carteira de trabalho
Carteira de trabalho

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) está recrutando jovens de ambos os sexos para vagas de aprendizes ofertadas por empresa do segmento de telemarketing. Inscrições até 11/11 na unidade do CIEE na 104 Norte, Rua NE-03, Sala 1, Edifício São Carlos – Plano Diretor Norte, Palmas.

As vagas, para início imediato, requerem que os candidatos tenham entre 18 anos e 22 anos, ensino médio completo, boas dicção e ortografia, conhecimentos básicos em informática e disponibilidade para o exercício da aprendizagem nos períodos matutino ou vespertino. A jornada de trabalho é de 04 (quatro) horas diárias de segunda a sexta-feira, em período diurno, com salário mínimo proporcional à jornada de trabalho, mais benefícios sociais. O Programa Aprendiz Legal é realizado em parceria com a Fundação Roberto Marinho (FRM). Seu objetivo é ajudar as empresas a cumprir a Lei 10.097/2000, que traça as diretrizes para a aprendizagem profissional. O programa mescla uma carga horária de formação profissional remunerada na empresa, com aulas teóricas ministradas pelo CIEE, de acordo com a área de atuação do aprendiz.

O Aprendiz Legal é um programa de formação profissional oferecido pelo CIEE, com material didático elaborado pela Fundação Roberto Marinho. Destina-se a capacitar jovens de 14 a 24 anos, auxiliando, assim, as empresas a cumprir a Lei 10.097/2000, que determina a contratação de cotas de aprendizes, com incentivos fiscais e trabalhistas, como a contratação pelo tempo determinado de dois anos.

Seu principal objetivo é alinhar ainda mais a teoria à prática na empresa, para maior efetividade no de­sempenho dos jovens. Atualmente, o CIEE Palmas conta atualmente com mais de 330 jovens em capacitação no Programa Aprendiz Legal em empresas privadas e órgãos públicos parceiros da entidade.

Sobre o CIEE

Desde sua fundação, há 52 anos, o CIEE já encaminhou 16 milhões de estudantes para estágio e aprendizagem em 250 mil empresas e órgãos públicos parceiros. A marca confirma o crescente reconhecimento da eficácia do estágio e da aprendizagem em duas importantes frentes: como capacitação prática dos jovens para o mercado de trabalho e como fonte de recrutamento de novos talentos. O CIEE também desenvolve uma série de ações de assistência social, com total gratuidade aos beneficiados e destinadas, em especial, a segmentos em situação de vulnerabilidade social como: Programa de Educação à Distância, Inclusão de Pessoas com Deficiência, Alfabetização para Adultos, Desenvolvimento Estudantil e Profissional, Orientação e Informação Profissional, Orientação Jurídica Gratuita à População Carente (Projur), Cursos Gratuitos de Informática, além de Ciclos de Palestras, Concursos Literários – que estimulam a escrita e a leitura -, Feira do Estudante – Expo CIEE, entre outros.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.