image2O ex-prefeito da cidade mineira de Patrocínio, Júlio César Elias Cardoso, 56 anos, foi preso nesta quinta-feira em Pau D’Arco, Norte do Tocantins, em cumprimento a um mandado de prisão, expedido pela Justiça de Minas Gerais, onde é acusado de abusar sexualmente de uma criança de sete anos.

O crime teria acontecido em 2014 e o acusado chegou a ser preso, mas foi liberado 17 dias depois, beneficiado por um habeas corpus, que foi posteriormente cassado. A partir de então, o ex-prefeito passou a ser considerado foragido.

De acordo com o delegado de Polícia Civil Rone Augusto Esteves, responsável pelo cumprimento do mandado, a prisão de Cardoso será comunicada à Justiça mineira, que deve proceder com seu recambiamento. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.