Após cobrança do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Tocantins – SINTRAS-TO, as secretarias da administração e da saúde publicaram no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 3, a portaria           que concede a evolução  funcional horizontal e vertical aos servidores da saúde.

Conforme o Termo de Retificação do Acordo assinado pelo sindicato e governo, em 24 de julho deste ano, a inclusão ocorrerá de forma escalonada nos meses de setembro, outubro e novembro. Enquanto que os passivos dessas progressões serão pagos a partir de janeiro de 2016.

De acordo com o presidente do Sintras, Manoel Pereira de Miranda, o sindicato está acompanhando todos os passos para que o governo cumpra integralmente o acordo.

“Foram meses discutindo e defendo os direitos dos servidores da saúde até chegar num consenso com o governo, agora é só o governo cumprir”, ressaltou Miranda.

Não saiu

A diretoria do Sintras orienta aos servidores que não tiveram seus nomes publicados nesta relação procurar o sindicato que será  verificado os casos individualmente.

Sobre isso, a diretoria do sindicato esclarece que alguns casos foi questão operacional do sistema, mas que irá trabalhar para que esses nomes sejam publicados e os direitos dos filiados e representados do Sintras não sejam violados.

“Se faltou algum nome na publicação dos nossos filiados e representados iremos verificar o que aconteceu e buscar soluções para as falhas”, destacou o presidente.

Cobrança

Há 18 dias o Sintras cobrou do Governo a publicação desta portaria, concedendo o beneficio das progressões de servidores habilitados até dezembro de 2014.

No expediente o sindicato cobra uma posição mais breve possível do Estado para dar esclarecimentos aos servidores da saúde.

O ofício de nº 211/2015 foi protocolado no dia 17 do mês passado.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.