No início da tarde desta segunda-feira, 27, o candidato a senador, César Halum (PRB), pela coligação “Governo de Atitude” (PRB/PHS/PP/DEM/PTC/SD/PATRIOTA/PROS/AVANTE), conquistou o apoio do prefeito Ronaldo Dimas e de mais nove vereadores de Araguaína. “Com certeza César Halum será o nosso senador em Araguaína e continuará fazendo muito mais pela nossa cidade”, declarou Dimas durante assinada do contrato de repasse no valor R$ 45,7 milhões, oriundo de emenda impositiva da bancada federal tocantinense. Após reunião com Halum, os parlamentares, durante sessão Plenária Ordinária, manifestaram o apoio.

O líder do Prefeito na Câmara, vereador Gipão (PR) falou que apoia a candidatura de César Halum ao Senado devido à relação do deputado com Araguaína, desde sua atuação como vereador, deputado estadual e federal. “Só temos a agradecer sua preocupação e zelo com Araguaína. Hoje mesmo, o prefeito Dimas assinou um convênio de R$ 45,7 milhões, recurso de emenda da bancada federal, para pavimentação asfáltica de bairros da nossa cidade, mas esse recurso foi articulado pelo deputado Halum”, afirmou.

Gipão destacou que Araguaína está sem representante no Senado, desde a morte de João Ribeiro. “Araguaína não pode ficar sem representante no Senado Federal, nós sempre tivemos um representante do Norte, um senador de Araguaína e após a morte do senador João Ribeiro ficamos sem representante”, afirmou.

O vereador Israel (PDT) garantiu trabalhar, junto com sua equipe e familiares pela eleição de Halum. “Vossa Excelência está preparada para representar Araguaína e o Tocantins no Senado Federal. E nossa cidade vai lhe dá uma votação expressiva pode ter certeza, nada mais do que justo, porque Vossa Excelência sempre ajudou e ajuda Araguaína. Conte comigo, com minha equipe e meus familiares”, garantiu.

Ao agradecer os apoios, César Halum disse que respeita seus adversários e que independente de sigla partidária “meu objetivo é defender os interesses da população de Araguaína e do Tocantins”, frisou.

Halum disse que sua candidatura não nasceu de um desejo pessoal, mas que é fruto de um movimento iniciado a partir de Araguaína. “Aceitei o desafio. Político que tem medo de correr risco não pode ficar na carreira política. Tenho serviços prestados, temos boas alianças e o apoio do partido. Não daria conta de enfrentar essa luta sozinho, mas estamos com o governador Carlesse, que retomou a credibilidade do Estado e devemos continuar.”

Dos  17 vereadores, nove decidiram pela candidatura de Halum: Mane mudança, Gipao (PR), Alcivan, Geraldo Silva (MDB), Enfoque Neto (PRB), Gedeon (PRTB), Israel (PDT), Edmar Leandro (PRP) e Carlos Silva (PSDC).

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.