Polícia Federal

Polícia Federal deflagrou nessa manhã (28) a OPERAÇÃO ALMAS PERDIDAS, visando investigar possível associação criminosa especializada em fraudes bancárias pela internet.
Mais de 18 Policiais Federais cumprem cinco Mandados Judiciais de Busca e Apreensão expedidos pela 1ª Vara Federal de Gurupi, nos municípios de Almas e Natividade no estado do Tocantins.

A Investigação teve início a partir do comunicado pelo Relatório de Fraudes Bancárias 01/2015, visando apurar possível ocorrência do delito previsto no art.155, §4º, II do C.P.

Referido relatório detalhou fraudes bancárias eletrônicas, via internet banking, relacionadas a dois processos de contestação de clientes da Caixa Econômica Federal, cujas contas juntas foram lesadas em R$11.020,60 através da efetivação de pagamentos de cinco boletos bancários de compras fraudulentas em sites como Adidas, Netshoes,Mercado Livre, dentre outros e oitos transferências para cinco contas bancárias, ocorridos principalmente entre 11/03/2015 e 14/03/2015.

Os investigados podem responder pelo crime de furto qualificado previsto no artigo 155,
§4º, II do Código Penal, com pena de reclusão de dois a oito anos e multa.

O nome da operação foi dado em decorrência dos delitos serem praticados por pessoas
residentes na cidade de Almas/TO.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.