O ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), declarou em uma rede social na manhã desta segunda-feira, 4, sobre a possibilidade de decisão de seu grupo em apoiar um dos candidatos ao governo do estado no segundo turno da eleição suplementar do dia 24 de junho.

Na quarta-feira após ouvir o grupo que nos acompanhou, faremos uma coletiva para lamber as feridas e orientar a possibilidade ou não de participar no segundo turno. Não vamos abrir mão do Tocantins. Disse.

Na eleição deste domingo, 3, os candidatos Mauro Carlesse (PHS) e Vicentinho Alves (PR) obtiveram o segundo turno das eleições suplementares do Tocantins. Com 100% dos votos apurados, Carlesse teve 30,32% dos votos válidos e o senador Vicentinho Alves 22,16%.

O ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) obteve 21,46% dos votos válidos, ficando na terceira colocação.

Segundo informações, aliados de Mauro Carlesse já buscam contato com Amastha para aliança no segundo turno, os diálogos já estariam bastante adiantados.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.