Foto: Vasco Alves
Foto: Vasco Alves

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Tocantins está realizando, de 07 a 10 deste mês, mais um curso de formação de instrutores que irão atuar com o programa Negócio Certo Rural (NCR) no Tocantins, criado para contribuir com a melhoria da gestão de propriedades rurais por meio de capacitações e com foco no empreendedorismo. O programa é desenvolvido em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) e, no Tocantins, já atendeu cerca de 3,5 mil produtores rurais, desde a sua criação, em 2011, em mais de 55 municípios.

A superintendente do SENAR Tocantins, Rayley Luzza, que esteve presente ao encontro, explica que o NCR “é um programa voltado para pequenos produtores rurais, quando, através de ferramentas simples de gestão, eles aprendem a desenvolver e melhor administrar o seu negócio rural, uma vez que o curso leva ao produtor rural o conhecimento necessário para uma gestão eficiente e produtiva”, destaca a superintendente.

O curso, que nesta etapa teve a participação de 23 instrutores, apresenta conteúdos básicos que auxiliam na melhoria de negócios já existentes ou na implementação de novos negócios na propriedade rural, a exemplo da realização de diagnóstico da atual situação da propriedade, viabilidade para melhor administrar seu negócio e valorização das cadeias produtivas mais adequadas à região.

O curso está sendo ministrado pelos instrutores do SENAR Brasil Thiago Tavares e Rodrigo Martins, e pela assessora técnica do Departamento de Educação Profissional e Promoção Social do SENAR Brasil, Thais Gomes Carraza, que destacaram que estes cursos contribuem, também, para que as ferramentas aplicadas no programa fiquem ainda mais acessíveis e fáceis de manusear junto ao produtor rural.

“As noções de empreendedorismo levado ao campo também é um grande foco do programa, que faz com que os participantes construam um plano de negócio, através de metodologias de gestão que são importantes para o diagnóstico dos problemas e soluções no dia a dia do campo”, resumiu Rodrigo Martins.

Uma das participantes do curso, a zootecnista Célia Rodrigues Toledo, avalia que “a metodologia aplicada pelo programa apresenta um conteúdo que vai modernizar todas as ferramentas de trabalho para orientar o produtor rural junto ao planejamento e gestão da propriedade, bem como a tomada de decisão no meio rural, melhorando a renda e consequentemente a qualidade de vida desses produtores rurais e suas famílias”.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.