Pedro Ferreira Leite, de 36 anos, acusado de ter assassinado o Sargento da Polícia Militar, Francisco Vieira, em julho de 2007 na cidade de Esperantina, norte do Tocantins, foi recambiado nesta sexta-feira, 03, de Minas Gerais para o Tocantins.

Leite teria atingido o policial durante uma festa na cidade, segundo informações o PM tentou evitar que uma terceira pessoa fosse assassinada, momento em que foi atingido no abdômen com um tiro disparado pelo homicida, o policial faleceu cerca de 30 dias depois.

Com mandado de prisão expedido, o acusado foi preso pela polícia mineira em fevereiro deste ano, e permaneceu enclausurado no presídio de Patrocínio-MG, até o seu recambiamento para presídio de Augustinópolis onde está a disposição da justiça.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.